segunda-feira , 11 dezembro 2017
Página principal / Notícias / Fala Morador / Prioridades de Jardim da Penha para 2016 – Segurança

Prioridades de Jardim da Penha para 2016 – Segurança

Final de ano, sempre é assim…. Refletir sobre todos os momentos vividos, o sentimento de mudança e otimismo e desejos de dias melhores com boas notícias. Ainda mais depois de um ano tão complicado como o de 2015, em que tivemos uma grave crise econômica e política no país, inflação, corrupção, desemprego e outros problemas que só tiraram o sono dos brasileiros.

E o que esperar de Jardim da Penha em 2016? Mais segurança? Quais seriam as prioridades para o bairro neste ano? Pensando nestas perguntas, a equipe do Jardim da Penha Online pediu a opinião dos moradores através do “Fala Morador” e também através de uma enquete em que tinha como opções as seguintes prioridades: segurança, limpeza pública, mobilidade urbana ou infraestrutura. Este assunto rendeu vários votos e comentários dos moradores, em que foram abordados assuntos variados e de interesse para o bairro.

Além disso, enviamos para a Prefeitura de Vitória todas essas opiniões e recebemos a resposta sobre todos esses temas e quais as ações de melhorias previstas para Jardim da Penha este ano. A partir desse material, faremos um Fala Morador especial abordando cada semana uma prioridade.

E para começar, vamos falar sobre um tema, que de acordo com os moradores é um dos mais importantes para o bairro e que ficou em 1º lugar na enquete com 83% dos votos, a segurança.

Segurança

A instalação de mais câmeras de videomonitoramento é uma das soluções para diminuir este problema. Foto: Divulgação
Câmeras de videomonitoramento são uma das soluções para este problema. Foto: Divulgação

“Moro em Jardim da Penha há 40 anos e nunca vi tanta insegurança e tanta gente de rua como agora, estamos proibidos de andar pelo nosso bairro, frequentar as praças com nossas crianças. E o prefeito onde está?”, este é o questionamento da moradora Marli Marques Melo, e assim como ela, muitos moradores comentaram sobre este tema.

De acordo com as pessoas que moram no bairro, as soluções para diminuir este problema são: disponibilizar guaritas e policiais próximo à Ponte da Passagem; instalação de mais câmeras de videomonitoramento; diminuir os assaltos em residências e comércios; patrulhamento policial mais distribuído no bairro; conter a ação de homens aranhas; e punir quem faz pichações.

A Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semsu) informa que agentes de proteção comunitária da Guarda Civil Municipal de Vitória patrulham diariamente Jardim da Penha em viaturas e bicicletas. Além disso, o bairro conta com 15 câmeras de videomonitoramento, monitoradas 24 horas por dia, que têm contribuído para a resolução de roubos e no combate às pichações. Para evitar que assaltantes utilizem a Ponte da Passagem como rota de fuga e para oferecer mais segurança ao local, será inaugurada em breve uma base da Guarda na região. O ponto é estratégico e tem potencial para diminuir os índices de furtos e roubos no bairro. A população pode contribuir com a segurança e no combate ao vandalismo, denunciando situações irregulares por meio do telefone 190.

Moradores de Rua

“Tem muito pedinte em frente ao EPA. Alguns dormem nas marquises das lojas. Guardadores de carro que são arrumadores de confusão e briga, sendo que muitos deles ficam analisando formas de roubar bicicletas e outras coisas nos prédios”, a afirmação do morador José Abaurre Neto relata um outro problema que tem a ver com segurança, que é a retirada dos moradores de rua e usuários de drogas das calçadas do bairro.

Em resposta ao morador, a Prefeitura informa que o Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas), da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), atua diariamente no bairro, orientando e oferecendo oportunidades de acolhimento, de tratamento de saúde e de reinserção familiar, entre outros, visando a superação da situação de rua e de dependência. O Seas integra o programa “Onde anda você?”, que atua em todo o município e, desde janeiro de 2013, quando foi iniciado, obteve como resultados a redução de cerca de 90% das pessoas em situação de rua em Vitória. Na época, foram mapeadas 732 pessoas em situação de rua. Após 3 anos de programa, esse número reduziu para uma média entre 100 e 130 pessoas.

Ainda de acordo com a Prefeitura, em relação à região de Jardim da Penha, as equipes já foram acionadas e iniciaram uma intensificação das abordagens no bairro, objetivando a identificação das demandas, a oferta e o encaminhamento aos serviços da rede. A Semas ressalta que não faz retirada de pessoas na rua, mas um trabalho de convencimento, baseado na construção de vínculos. O programa envolvem ações de Assistência Social e de Saúde, como a abordagem de rua, consultório na rua, acolhimento, tratamento, reinserção familiar, bem como aluguel social, dentre outras.

Iluminação

iluminacao
Iluminar as ruas traz mais segurança para o bairro. Foto: Prefeitura de Vitória

Outro ponto levantado pelos moradores para trazer mais segurança para o bairro é melhorar a iluminação da região.

A Prefeitura de Vitória informa que tem investido na modernização das luminárias em toda a cidade, substituindo as lâmpadas amarelas e antigas por lâmpadas brancas, que iluminam mais e proporcionam maior sensação de segurança. Duas grandes avenidas que atendem Jardim da Penha já foram contempladas com refletores a LED: Dante Michelini e Fernando Ferrari.

Por outro lado, todas as ruas e praças de Jardim da Penha possuem iluminação adequada para as características do bairro e a manutenção da malha é feita permanentemente pela Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana (Setran). “Os moradores podem solicitar a troca de lâmpadas queimadas ou o ajuste onde houver lâmpadas acesas durante o dia por meio do telefone 156 Fala Vitória. A manutenção tem sido realizada em menos de 48 horas após a solicitação”, conclui.

Fala Morador Especial

Aguarde! Na próxima semana, o tema abordado será Limpeza Pública.

Final de ano, sempre é assim.... Refletir sobre todos os momentos vividos, o sentimento de mudança e otimismo e desejos de dias melhores com boas notícias. Ainda mais depois de um ano tão complicado como o de 2015, em que tivemos uma grave crise econômica e política no país, inflação,…

Avaliação Total: 5 ( 1 votos)

Veja Também

i4zago3cztbobw45hzw5rmiz2043323

Pastor retira boneca afro em creche de Vitória e diz ser ‘símbolo de macumba’

O pastor João Brito, da Igreja Evangélica Batista de Vitória, pediu que um painel feito ...