sábado , 19 agosto 2017
Página principal / Notícias / Fala Morador / Redução de velocidade nas ruas de Jardim da Penha

Redução de velocidade nas ruas de Jardim da Penha

O Fala Morador recebeu uma sugestão de moradores em que relatam a necessidade de implantar um redutor de velocidade em algumas ruas do bairro. De acordo com o relato, nesta região ocorre um excesso de acidentes e atropelamentos, e os carros passam em alta velocidade.

Segundo a moradora Melyssa Loyola, a solicitação para a Prefeitura do redutor de velocidade será para os entrocamentos das Ruas Ciro Lopes Pereira com Aristóbulo Barbosa Leão e Rua Maria Eleonora Pereira com Aristóbulo Barbosa Leão. “Grande número de colisão entre veículos e atropelamentos. Outras ruas no nosso bairro já fizeram isso e os acidentes praticamente acabaram”, relata a moradora.

Posicionamento da Prefeitura

A Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana de Vitória (Setran) informa que tem promovido diversas ações com o objetivo de tornar o trânsito da capital cada vez mais humano, seguro e harmônico. Uma dessas ações é a Zona de Velocidade Segura, também conhecida como “Zona 30”, um projeto que regulamenta a velocidade máxima no interior dos bairros de 30km/h.

Segundo o secretário municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana, Josivaldo de Andrade, a implantação da Zona de Velocidade Segura contribuirá para a mudança de comportamento das pessoas, principalmente entre os motoristas. “Muitos motoristas acham que os carros devem ter preferência nas ruas, mas se esquecem de que todos devem dirigir priorizando a segurança do pedestre, a parte mais frágil no trânsito. Priorizar as pessoas é uma tendência mundial”, destacou Josivaldo. E completou: “Nosso objetivo é mostrar aos condutores de veículos que são eles que devem se adaptar ao bairro e à velocidade calma. Será um pacto entre motoristas com o envolvimento de moradores”, ponderou.

Para iniciar o projeto, o bairro escolhido como piloto e o receberá no próximo mês, será o bairro de Lourdes. A escolha do bairro foi por ser predominantemente residencial e possuir grande número de pessoas que se enquadram no perfil de vítimas mais frágeis nos acidentes de trânsito: os idosos. Porém, a Prefeitura informa ainda que outros bairros serão contemplados no momento oportuno.

Em relação ao cruzamento com conflitos uma equipe técnica irá ao local para avaliar quais medidas serão tomadas para a redução de acidentes.

Zona 30 no mundo

A Zona de Velocidade Segura, também conhecida como Zona Residencial ou Zona 30, faz parte das ações para implantar o “traffic calm” nas vias urbanas. A primeira cidade a implantar a Zona 30 foi Buxtehude, na Alemanha, em 1983. A partir daí, muitas cidades da Alemanha, França, Bélgica, Itália, Holanda, Áustria, Reino Unido e Dinamarca aderiram.

Bruxelas, na Bélgica, possui o maior trecho único de Zonas 30 da Europa, com 4,6 km de ruas que só podem ser transitadas a 30 km/h. Barcelona completou, em 2010, mais de 200 km de zonas 30. Londres percebeu uma queda de 40% no número de acidentes e, na Bélgica, a queda foi de 72%.

Em setembro de 2011, o Parlamento Europeu fez a recomendação para que todas as cidades fizessem adesão ao projeto e, em 2012, uma iniciativa popular pediu que a União Europeia instituísse como lei, em todo seu território, a Zona 30. A proposta está sendo implantada aos poucos naqueles países.

Fonte: Prefeitura de Vitória 

O Fala Morador recebeu uma sugestão de moradores em que relatam a necessidade de implantar um redutor de velocidade em algumas ruas do bairro. De acordo com o relato, nesta região ocorre um excesso de acidentes e atropelamentos, e os carros passam em alta velocidade. Segundo a moradora Melyssa Loyola,…

Avaliação Total: 5 ( 1 votos)

Veja Também

i4zago3cztbobw45hzw5rmiz2043323

Pastor retira boneca afro em creche de Vitória e diz ser ‘símbolo de macumba’

O pastor João Brito, da Igreja Evangélica Batista de Vitória, pediu que um painel feito ...