segunda-feira , 11 dezembro 2017
Página principal / Notícias / Ratos invadem calçadão de Camburi

Ratos invadem calçadão de Camburi

Todos os dias centenas de pessoas vão ao calçadão de Camburi em Vitória. E, apesar do belo cenário e da brisa do mar, nem tudo é perfeito por lá. Um morador que não se identificou, caminha todos dias no calçadão e tem notado um problema sério.

“É fácil ver inúmeros ratos que ficam circulando entre os canteiros de grama e a areia. É possível perceber que são muitos e que já perderam o medo de dividir o local com as pessoas. Caso você resolva sentar em algum banco é possível que algum deles passem entre suas pernas”, descreve o morador.

Ficamos com nojo só de imaginar o quão desagradável e nojenta seria esse tipo de situação. Eca!

Claro, encrencamos com a Prefeitura de Vitória. A resposta foi longa. Mas a gente resume para você.

A Secretaria Municipal de Saúde afirmou que esse ano a equipe realizou tratamento com raticida na Orla de Camburi em duas ocasiões: em abril, na altura do Banco do Brasil em Jardim da Penha. E em maio, na Avenida Dante Michelini e nos quiosques 1, 4 e 5 da Orla, em Jardim da Penha e Mata da Praia.

Outra boa notícia é que, a partir do dia 25 de junho até 22 de julho a secretaria fará um mutirão de desratização em 43 bairros do município que apresentam relevância do ponto de vista epidemiológico, em função do número de casos notificados de leptospirose, bem como da existência de condições ambientais que representem risco para a proliferação de roedores (proximidade com o mangue, histórico de alagamento, saneamento deficiente, existência de pontos irregulares de lixo, etc).

Sobre a programação já estabelecida, a prefeitura agendou um trabalho específico de desratização da Orla de Camburi para o dia 25 de julho.

ENCRENCAS

Nuvem de mosquitos

“Tem milhares de mosquitos na minha casa. São tantos que já formam nuvens! Eu moro em José de Anchieta, na Serra, e o bairro todo está assim. O fumacê não passa mais e a prefeitura, quando a gente procura, diz que não tem mais o que fazer”. – Felipe Maciel, Serra

Resposta: Felipe, a prefeitura disse que o fumacê percorreu o seu bairro no último dia 09 e o retorno vai acontecer na próxima quinta-feira.

Olha o perigo

“Por que os semáforos da Leitão da Silva não piscam após às 23h? Alguns demoram uma eternidade, como o que fica perto do Centro de Convenções, sentido Andorinhas. E os dois seguintes também continuam abrindo e fechando. A avenida está em obras, escura e ficar parado nesses sinais não é uma boa ideia em termos de segurança. Enquanto isso, sinais de cruzamentos importantes, como entre a Avenida César Hilal e Leitão da Silva piscam. Vai entender…” – Flavia Martins, Vitória

Resposta: A Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana de Vitória disse que os semáforos dos cruzamentos na Av. Leitão da Silva estão com programações provisórias por conta das obras de ampliação da via. A secretaria prometeu que fará um estudo na região para avaliar o que pode ser feito para garantir aos motoristas melhor fluidez e segurança, considerando sempre as normas do Contran.

Fonte: GazetaOnline

Veja Também

i4zago3cztbobw45hzw5rmiz2043323

Pastor retira boneca afro em creche de Vitória e diz ser ‘símbolo de macumba’

O pastor João Brito, da Igreja Evangélica Batista de Vitória, pediu que um painel feito ...